Não Consegue Encontrar um Estágio Remunerado? O Que Fazer Agora?

581
views
Não Consegue Encontrar um Estágio Remunerado? O Que Fazer Agora?

Uma das maiores preocupações dos universitários é com o mercado de trabalho. Como estarão as oportunidades quando eles se formarem? Qual a melhor forma de se qualificar e ser competitivo no mercado?

Um estágio remunerado é uma forma de responder a essas e outras dúvidas. Desejo de todo universitário, o estágio permite que o aluno experimente o mercado de trabalho, conheça um pouco sobre a profissão que escolheu e desenvolva algumas habilidades e competências.

Não Consegue Encontrar um Estágio Remunerado? O Que Fazer Agora? | Blog do Zé Moleza

Além disso, a possibilidade de ter uma fonte de renda durante a faculdade é bastante atrativa, principalmente para os jovens universitários. Porém, conseguir um estágio remunerado não é tarefa fácil…

Por que não consigo um estágio remunerado?

-PUBLICIDADE-

Atualmente, o Brasil vive um momento muito sério de crise econômica e instabilidade. As empresas estão demitindo funcionários em massa e reduzindo a contratação de estagiários, pois não é mais viável investir na capacitação de um jovem que está começando na profissão.

Por isso, os estudantes enfrentam cada vez mais entraves na hora de buscar um estágio remunerado. Exigências absurdas de experiência prévia, conhecimentos técnicos e domínio de ferramentas tornam impossível para o universitário concorrer a certas vagas.

O que fazer, então?

Encontrar um estágio remunerado está difícil por dois motivos principais:

1. A oferta está bem menor, como dissemos há pouco;

2. É muito complicado conciliar os horários e demandas do estágio (4 ou 6 horas diárias) com as tarefas da faculdade.

Dependendo do curso, os alunos têm cargas altíssimas de trabalhos e provas, que demandam muitas horas de estudo. Junte isso às horas de aulas presenciais e o tempo gasto com deslocamento e refeições. No final, sobram poucas horas durante a semana para se dedicar a um estágio.

Nessa realidade, os universitários acabam abrindo mão de insistir em um estágio remunerado e procuram outras formas de faturar enquanto estão na faculdade. Veja algumas possibilidades:

Ser monitor

Uma alternativa ao estágio remunerado é ser monitor na própria faculdade.

Algumas instituições oferecem uma espécie de bolsa para os monitores, que costumam acompanhar e ajudar os professores. As tarefas vão desde organizar os materiais e as aulas, aplicar e corrigir provas, dar aulas de reforço e até participar das aulas como assistente.

Se você tem vontade ou curiosidade de atuar como docente, essa pode ser uma ótima experiência! Como monitor, você testa seus conhecimentos, ganha experiência para o currículo e ainda recebe uma grana por isso. E, de quebra, pode acabar descobrindo a carreira acadêmica como uma opção para o seu futuro.

Oferecer aulas particulares

Na mesma linha das monitorias, as aulas particulares são sempre uma alternativa para a renda dos universitários. Se você é um bom aluno e tem habilidade – e bastante paciência! – para ensinar, escolha sua matéria favorita ou aquela em que você se sai melhor e ofereça ajuda aos seus colegas!

Se você realmente levar jeito para a coisa, a divulgação do serviço fica por conta dos próprios alunos, que podem indicar colegas e espalhar a notícia por toda a faculdade!

Tentar empreender

Essa é a opção que mais tem tido adeptos ultimamente. Aqui, vale um pouco de tudo!

Não Consegue Encontrar um Estágio Remunerado? O Que Fazer Agora? | Blog do Zé Moleza

  • Se você é bom de cozinha, pode investir em vender sanduíches, doces, salgados, pães, bolos, sucos e saladas de fruta. É uma alternativa às cantinas e refeitórios, que costumam servir sempre as mesmas opções.
  • Se você é uma pessoa mais criativa e tem bastante habilidade com as mãos, pode produzir e comercializar acessórios, enfeites e presentes artesanais.
  • Se seus amigos também estão precisando de dinheiro, vocês podem apostar em dividir os custos para vender peças de roupa mais simples de fabricar. Camisetas estampadas e peças customizadas fazem bastante sucesso!
  • Se você gosta de revisar textos, pode oferecer serviços de formatação e adequação às normas da ABNT para monografias, artigos e trabalhos acadêmicos – aqui a clientela é certa, pois a maioria dos estudantes detesta ou tem muita dificuldade com essa parte dos trabalhos! Não é difícil encontrar um nicho para empreender nessa fase universitária.
  • Se o estágio remunerado realmente não for uma opção, procure identificar as dificuldades que você e seus amigos enfrentam na faculdade.

Não é difícil encontrar um nicho para empreender nessa fase universitária. Se o estágio remunerado realmente não for uma opção, procure identificar as dificuldades que você e seus amigos enfrentam na faculdade.

Faltam opções saudáveis na cantina? Você gostaria de poder comprar produtos artesanais sem ter que procurar em feiras ou pagar frete para comprar pela internet? Quer aprender uma língua estrangeira e as aulas em escolas de idioma são muito caras?

Cada uma dessas perguntas pode resultar em um novo empreendimento, basta que você tenha a habilidade e corra atrás para colocar em prática!

Tornar-se freelancer

As empresas que contratam muitos estagiários estão se flexibilizando, mas ainda não é suficiente para que os alunos consigam dar conta de tudo, sem que o seu desempenho no estágio ou na faculdade sejam prejudicados.

Além disso, dar monitorias e aulas particulares ocupa bastante tempo, e apostar em um negócio próprio exige um investimento financeiro inicial.

Não Consegue Encontrar um Estágio Remunerado? O Que Fazer Agora? | Blog do Zé Moleza

Como alternativa a isso, cada vez mais universitários estão buscando opções de trabalho como freelancer, ou seja, sem vínculo com uma empresa específica.

O freelancer trabalha em casa, na faculdade, no ônibus, pelo celular, da forma como desejar. As únicas exigências são que o trabalho tenha qualidade e seja entregue no prazo combinado.

Os pagamentos são por tarefa, ou seja, o faturamento vai depender exclusivamente da quantidade de trabalhos que o freelancer executar.

O trabalho como freelancer é uma das alternativas mais viáveis ao estágio remunerado, na medida em que permite que o estudante tenha uma renda e exerça uma profissão sem atrapalhar o seu percurso acadêmico. Parece ideal, não é?

Com tantas alternativas disponíveis, você precisa concordar que não há motivos para se desesperar por não encontrar um estágio remunerado! Escolha a que mais se adapta às suas necessidades e comece hoje mesmo!