4 razões para estudar na China

razões para estudar na China

A China, segunda maior economia do planeta, desponta como um dos destinos mais promissores para quem quer ganhar experiência internacional. Com mensalidades mais baratas, universidades chinesas são uma boa opção para quem quer estreitar relações com a gigante oriental e estudar na China.

Conheça quatro razões principais para escolher estudar na China como o seu destino no exterior.

Educação de classe mundial

Com 377.054 estudantes internacionais em 2014, a China tem se tornado cada vez mais acessível para estrangeiros interessados em cursos e universidades no país, principalmente os lecionados em inglês, e tem parcerias com aproximadamente 70 países para garantir o reconhecimento mútuo das qualificações acadêmicas. Com o intuito de melhorar a sua posição na competição global, a China e outras nações da Ásia estão percebendo a importância de permitir estudantes internacionais em suas instituições de ensino superior e têm criado grandes iniciativas para oferecer novas oportunidades e atrair mais estrangeiros. A China firmou conexões fortes especialmente com universidades dos Estados Unidos, como a Stanford University e a New York University.

LEIA MAIS  TOEFL: Exame pode ajudar na hora de fazer intercâmbio

Além disso, o envolvimento do governo em instituições chinesas tem intenção de criar um alto padrão de educação por todo o país. Não importa onde você escolher estudar, pode ter certeza de que será de qualidade.

Oportunidades de carreira

Recentemente, a China ultrapassou o Japão como a segunda maior economia global, criando mais oportunidades de carreira para estudantes internacionais no país. Para trabalhar na China após a graduação, você terá que ter fluência em mandarim e um conhecimento básico da cultura nacional; a experiência de trabalhar em uma empresa chinesa lhe proporcionará a capacidade de trabalhar em qualquer economia do mundo.

Ao estudar no país, você terá tempo de aprender o idioma e conhecer os costumes locais, além de se inteirar sobre o mercado de trabalho chinês, assim, se sentirá mais bem preparado na hora de encontrar uma vaga profissional após a sua graduação.

LEIA MAIS  5 razões para estudar na Itália

Custo de vida

Em comparação com outros destinos de estudo famosos, como Estados Unidos, Reino Unido e Japão, a China tem um custo de vida mais acessível. Você poderá fazer uma refeição completa por aproximadamente ¥ 10 e uma passagem do transporte público não custa mais do que ¥ 4. O visto de estudante costuma custar mais de ¥ 600, mesmo assim é mais barato que os de vários outros destinos. Já no quesito acomodação, o aluguel de um apartamento em Pequim, a capital nacional, custa aproximadamente ¥ 1.029 por mês (ou seja, aproximadamente R$ 550, reais).

Experiência inigualável

Com uma história de mais de 4.000 anos, a China é inovadora em todas as áreas de estudo , incluindo em negócios, astronomia, artes marciais, filosofia e matemática, além de contribuir imensamente com os estudos das artes, literatura, religião e muito mais. Apesar de alguns estudantes enfrentarem dificuldade para se adaptar à cultura chinesa no princípio, a experiência é gratificante e enriquecedora.

LEIA MAIS  Bolsas de estudos para curso de teatro na Escócia

A China é também um dos maiores países do mundo.A sua geografia varia desde as Montanhas do Himalaia ao sudoeste até o Deserto de Gobi no norte e a costa leste. A possibilidade de explorar este país enorme é fácil com os trens balas conectando as principais cidades por baixos preços. Não importa onde você escolher estudar na China, a experiência vai mudar a sua vida!