Por que escolhi o curso de Farmácia?

Por que escolhi o curso de Farmácia? | Blog do Zé Moleza

Nossa parceria com o Quero Bolsa, trás hoje o depoimento da Ana Luisa Bettini de Oliveira, estudante de Farmácia na Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep), em Piracicaba (SP).

Quer saber o que fez ela escolher o curso? Vem com a gente!

Todo nós pensamos que a vida passa tão lentamente até a hora de finalmente deixar o conforto da vida de adolescente e começar a pensar no iremos fazer pelos restos de nossas vidas no futuro, e isso tudo se inicia com uma decisão um tanto quanto complicada: “para qual curso prestar vestibular?”.

Para mim, particularmente, foi uma decisão muito difícil a ser tomada, pois me considero uma pessoa muito (mas muito mesmo) indecisa. Após ler muito sobre cada curso e ir em feiras de profissões, finalmente me decidi o que cursar: Farmácia.

É comum pensar que quem cursa Farmácia irá, necessariamente, se tornar o típico farmacêutico de balcão, mas a verdade é que esse proporciona muito mais possibilidades de atuação do que se imagina!

A variedade de atuação de um farmacêutico foi uma das coisas que mais me atraiu nessa carreira. As principais carreiras que um estudante de Farmácia poderá atuar quando se formar são:

– Indústria farmacêutica;

– Indústria cosmética;

– Farmácias de manipulação;

– Drogarias;

– Análises clínicas.

Por que escolhi o curso de Farmácia? | Blog do Zé Moleza

Apesar da sedução que as indústrias têm sobre os graduandos em Farmácia, deve-se destacar a importância na sociedade do farmacêutico que atua no balcão das drogarias. Sua função não se limita à simples venda de medicamentos. É dele a responsabilidade de prestar assistência farmacêutica ao consumidor, garantir condições apropriadas de conservação e dispensação dos produtos e muitas outras funções que visam proporcionar ao paciente o medicamento adequado à sua necessidade na dose correta, durante o tempo necessário e no menor custo possível para que o paciente possa obter uma melhor qualidade de vida.

Outro fator que me fez escolher Farmácia foi o fato deste curso abranger duas áreas do conhecimento pelas quais sempre fui apaixonada: química e biologia! Na biologia é preciso conhecer o corpo humano muito bem desde sua anatomia até seu funcionamento. As plantas também são estudadas na fitoterapia, ou seja, para quem gosta de Biologia, o curso de Farmácia é um prato cheio. Para quem gosta de Química também! Já que no curso aprendemos, por exemplo, Química Geral e Inorgânica, Química Orgânica e Físico Química.

Enfim, considero o curso de Farmácia um tanto quanto dinâmico e, por isso, acredito que ele seja muito interessante para quem é da área de Ciências. Com o avanço da tecnologia e preocupação da humanidade com a sua saúde, os medicamentos se tornam cada vez mais necessários na sociedade contemporânea e, por consequência, o farmacêutico também. Ele é o profissional do medicamento desde sua pesquisa e desenvolvimento nos laboratórios até a sua dispensação nos balcões das drogarias e farmácias de manipulação.

Deixe uma resposta