Você tem perfil para ser assistente social?

Diante do cenário de desigualdade social cada vez mais crescente, a atuação do assistente social em diversos setores da sociedade tem sido cada vez maior e mais importante. Com a missão de garantir os direitos e deveres a todos cidadãos, este profissional exerce suas atividades respeitando à diversidade e atendendo às várias esferas como educação, saúde, habitação, seguridade, emprego, entre outros, tanto na esfera pública quanta na privada.

Ao escolher o curso de Serviço Social como formação, é importante saber que ao longo dos quatro anos de estudo vai se deparar muito com a leitura e a pesquisa. Além de se dedicar aos conhecimentos teóricos, o futuro profissional precisa investir em formação continuada e buscar um crescimento pessoal para lidar com os conflitos comuns da área.

Como a formação do assistente social possui cunho humanista e seguindo seus princípios éticos, é indispensável a sua atuação sem discriminação e o compromisso com a liberdade, justiça e democracia. Entre as características pretendidas para esta profissão estão a capacidade crítica e reflexiva, sensibilidade, proatividade, boa comunicação e habilidade para mobilização e organização.

De acordo com o Dieese – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, aquele que concluir a graduação em Serviço Social pode desenvolver atividades de pesquisa, produzir parecer social com propostas de políticas sociais, prestar serviços de assessoria e consultoria à instituições públicas, privadas e movimentos sociais; e ainda atuar em unidades de ensino e centros de estudo, por exemplo. Vale lembrar que para exercer a profissão é necessário registrar-se no Conselho Regional de Serviço Social –  CRESS.

LEIA MAIS  10 mitos sobre a universidade pública no Brasil

O curso de Serviço Social

O curso de Serviço Social tem duração média de quatro anos e se desenvolve em meio período. Desse modo, torna-se mais fácil o graduando conseguir conciliar os estudos com um estágio remunerado. Esse curso está inserido na área das ciências humanas e, por isso, durante a graduação o aluno receberá aulas de sociologia, teoria política e filosofia entre outras disciplinas como economia. A partir do terceiro ano da formação acadêmica, o estudante precisa fazer o estágio obrigatório e, no último ano, lhe é exigida uma monografia de conclusão de curso.

As instituições oferecem o curso de Serviço Social com o objetivo de formar profissionais aptos e interessados no planejamento, implementação, coordenação e avaliação de políticas e projetos sociais que ajudem a sociedade. Além disso, o projeto político pedagógico da graduação de Serviço Social é montado com a finalidade de desenvolver em seus alunos a compreensão crítica dos problemas sociais que se relacionam com os movimentos e demandas populares.

Atribuições de um Assistente Social

O serviço social é um direito do cidadão, assim como a educação e a saúde. Por isso, conheça agora o que faz um assistente social.

LEIA MAIS  5 Melhores Trabalhos Prontos de Administração

assistente social é o profissional responsável por promover o bem-estar físicopsicológico e social. Esse indivíduo pode exercer suas funções em empresas privadas, órgãos públicos e em Organizações Não Governamentais (ONGs) acompanhando as pessoas da comunidade e desenvolvendo projetos de assistência voltados para crianças, adolescente, jovens, adultos e idosos que se encontram em alguma situação de risco como o abandono, por exemplo.

As principais áreas que o profissional formado em Serviço Social pode escolher é o da educaçãoempresarialsaúde e proteção à criança e ao adolescente.

Mercado de trabalho para o curso Serviço Social

Por ser direito do cidadão ter acesso ao serviço social, essa carreira está em alta no mercado de trabalho principalmente no setor público. O assistente social recebe propostas para trabalhar em equipes multiprofissionais para que seu olhar se aprofunde em outros contextos do conhecimento social e, assim possa atingir a toda comunidade com o seu serviço. Esse profissional precisa se manter atualizado e ter proficiência em uma língua estrangeira, pois o Brasil tem sido um país de refúgio para muitos estrangeiros e nesse caso é essencial fornecer uma assistência a esses indivíduos.

Setor público

As oportunidades de emprego no setor público são bem diversificadas para o assistente social, mas, para aproveitá-las é necessário fazer a prova do concurso público. Confira as principais áreas de atuação.

  • Escolas;
  • Conselhos de direitos e de gestão;
  • Administrações municipais, estaduais e federais;
  • Serviços de proteção judiciária;
  • Redes de serviços sociais do governo;
  • Hospitais.
LEIA MAIS  Saiba tudo sobre como se tornar Diplomata

Setor privado

Existem muitas possibilidades no setor privado, contudo há uma menor quantidade de vagas disponíveis. Veja, abaixo, alguns campos que oferecem emprego para esse profissional.

  • Escolas;
  • Faculdades;
  • Centros de saúde;
  • Sindicatos;
  • Entidades filantrópicas;
  • Creches;
  • Consultorias.

Exterior

O assistente social pode ter várias oportunidades de seguir carreira em um país estrangeiro ou ter a possibilidade de trabalhar com pessoas refugiadas no Brasil. Desse modo, é necessário que esse profissional esteja qualificado para lidar com problemas sociais de outros países.

  • Redes de serviços sociais do governo;
  • Centros de saúde;
  • Sindicatos;
  • Entidades filantrópicas;
  • Serviços de proteção judiciária;
  • Centros de educação.

Onde estudar Serviço Social

Selecionamos para você algumas faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC onde você poderá estudar Serviço Social. Todas elas participam de programas governamentais como ProUni e FIES, além de oferecerem outras vantagens como descontos, convênios, bolsas e financiamentos sem burocracia. Confira:

Você já conhecia as funções dos serviços prestados pelo assistente social? Então, conte para nós o que você pensa e sabe sobre esse assunto nos comentários.

Deixe uma resposta