5 dicas essenciais para começar a se preparar para o ENEM

O ENEM 2011 se aproxima, por isso é hora de dedicar mais um post à sua preparação para o evento! Já listamos diversos conselhos e dicas, mas nunca é demais mencionarmos mais alguns. Sabemos que você já está atolado de coisas para estudar e que, em alguns casos, é difícil seguir à risca todas as etapas da preparação para o exame. Mas, como você poderá notar, os procedimentos são simples. Não é totalmente necessário cumpri-los na totalidade; cuidado com exageros que poderão prejudicar sua rotina e seus outros afazeres não relacionados ao ENEM. Portanto, procure estabelecer quais dos passos listados em seguida poderão ser cumpridos e, a partir disto, crie uma meta a ser respeitada.

Confira abaixo 5 dicas essenciais para começar a se preparar.

  • Leia jornais diariamente: É importante para se manter atualizado e para ter uma visão ampla de temas cotidianos. O foco principal aqui é a redação, que fatalmente terá como tema algo abordado pela mídia em um passado próximo ao exame.
  • Resolva provas antigas: Saber o tipo de questão que cai no exame é fundamental. Fica uma dica específica: todo candidato deve aprender a ler gráficos e tabelas! A prova é muito interpretativa, e às vezes a resposta está no próprio gráfico; porém, decifrá-la nas entrelinhas é uma questão de know how em gráficos e tabelas, que te ajudará a poupar tempo neste tipo de questão e fornecer alguns preciosos minutos para outras mais difíceis e uma consequente boa revisão pós-exame.
  • Faça simulados: Inclusive quem já teve contato com as provas realizadas em outros anos! Se você já está familiarizado com a prova, é importante ver questões novas, que tragam novos assuntos que podem cair no exame. Ah, e para quem não está familiarizado com a prova, não precisamos nem dizer isto, mas o faremos: trate de começar a realizar todo e qualquer simulado que esteja disponível!
  • Pratique a redação: Saber desenvolver um argumento é um dos critérios para uma boa nota na redação. Para se familiarizar com os temas e com as exigências, é importante treinar a escrita. Faça redações com os temas dos últimos exames e, após finalizá-las, leve-as para algum professor ou especialista corrigir. Também é importante qualquer outro tipo de prática de escrita que te ajude a aprimorar seu poder de argumentação, fluência textual e poder de síntese; escreva em blogs, dedique-se em trabalhos do cursinho ou pesquisas para terceiros, escreva qualquer coisa de útil, nem que seja para você mesmo! Ah, e leia livros para enriquecer seu vocabulário e estimular sua imaginação.
  • Inscreva-se em um cursinho: Por mais que os candidatos consigam se preparar bem sozinhos, o cursinho traz uma orientação mais focada nas provas. O mais importante é o contato com o professor, para tirar dúvidas e entender os diversos tipos de questão.
LEIA MAIS  13 cursos tecnólogos com nota máxima na última avaliação do MEC

Assimilou direitinho tudo que foi dito? Tome nota e tente focar na execução destas dicas! Boa sorte!