Como aproveitar 100% das aulas?

Enem, Sisu ou Vestibular? Qual usar para entrar numa universidade

Todo mundo assiste aula…

Não importa se presencial ou online.

O problema é que assistir aula é uma das formas mais lentas de aprender, porque você fica em uma postura passiva, como se estivesse vendo uma série no Netflix.

Pra mudar isso, a gente precisa revolucionar o estudo.

Compilei abaixo os resultados de alguns estudos sobre como aprender melhor:

  • Métodos passivos são ineficientes para o aprendizado.
  • Métodos ativos são os melhores para garantir o aprendizado E a memorização.

Veja a equação que mostra como o aprendizado de uma matéria depende da eficiência do método de estudo:

Portanto, o que é melhor?

  1. Passar 4 horas assistindo aula ou
  2. Passar 2 horas fazendo exercícios?

“resolvendo” a equação:

  • Aprendizado = eficiência x tempo
  • Aprendizado_1 = 30% x 4 = 1,2 
  • Aprendizado_2 = 75% x 2 = 1,5
Fazer exercícios por 2 horas é 25% melhor que assistir aulas por 4 horas.

 

LEIA MAIS  Como obter maior rendimento nos estudos

Mas…

aulas são necessárias para aprender assuntos novos, portanto:

Como aproveitar 100% das aulas?

A ideia é transformar o ato de assistir aulas, um estudo passivo e ineficiente, em um estudo de alto desempenho.  E o método é simples:

1 – FAÇA MAPAS MENTAIS ENQUANTO ASSISTE O PROFESSOR.

Isso o forçará a tentar ver a matéria inteira, a “big picture, e vai ajudar seu cérebro a entender melhor e mais rápido os assuntos abordados.

2 –  REVISE DURANTE, LOGO DEPOIS, E DIAS DEPOIS

Durante a aula: Fazer o mapa mental é uma espécie de revisão.

No fim da aula, pergunte-se: O que eu vi hoje?

Dias depois: Tente lembrar do que você escreveu no mapa mental, e depois veja-o novamente. Nesse ponto você pode até já ter substituído por um mapa mental “profissional”.

LEIA MAIS  10 dicas para volta às aulas com tudo em ordem
3 – FAÇA EXERCÍCIOS

E finalmente, a melhor técnica de todas: EXERCITAR. Aqui pode ser a lista de exercícios do capítulos, a lista do app que você tem no celular, ou as provas antigas. O importante é exercitar, sempre!

Se você conseguir fazer exercícios enquanto assiste aula vai ser melhor ainda.

Como fazer mapas mentais.

Comece com a ideia central = ondas! 

Depois faça as “sub-ideias”, e explique resumidamente os pontos importantes de cada “sub-ideia”.

Na aula de ondas, de física 2, você viu:

  • Componentes
    • a forma de uma onda,
    • o comprimento da onda,
    • a frequência, o período e a velocidade
    • equação da onda V = λ.f (“vai lamber ferida”)
  • Interferência
    • Ondas construtivas e destrutivas
  • Cordas vibrantes
    • viu que se vibrarmos uma corda ela vai fazer ondas “harmônicas” = onda bonitinha
  • Tubos sonoros
    • Se gritarmos na boca de um tubo sonoro ele vai produzir sons “harmônicos” = música
LEIA MAIS  EduCash - Startup cria metodologia de educação financeira com gameficação para escolas

Você vai anotando tudo isso, e faz seu mapa mental. Pode ser que o seu fique feio, não tem problema, depois você pode pegar outro na internet. Mas o importante é ter essa postura ativa, de selecionar e organizar as principais ideias e fazer seu mapa mental. #naotempreco

Fonte: Blog Desconversa – Site do Descomplica.

E o mapa mental na aula de dilatação térmica, como ficaria:

Fonte: Blog Desconversa – Site do Descomplica.

A mesma coisa podemos fazer com o assunto de lentes.

Fonte: Blog Desconversa – Site do Descomplica.

Assim, você fica preparado para o que a prova mandar! 

Esse conteúdo incrível é da Susane do blog ResumoV.

Deixe uma resposta